teste minha imagem
Google+

Dica Nível Básico

Faça seu primeiro grande click com uma EOS Rebel T100

 Sabia que os primeiros passos para uma grande fotografia podem estar mais perto do que você imagina? Com uma câmera DSLR seus clicks ganham em qualidade e em possibilidades. Pegue essas dicas e sua EOS Rebel T100 e faça grandes clicks!

ISO, Obturador e Diafragma: controle todos eles

 São os dispositivos de controle manual ou pré-configurado, que você precisa aprender a configurar na sua EOS T100. Saber usa-los fará toda diferença na hora de você conseguir boas fotografias. Conheça um pouco mais sobre esse trio:

-           Obturador

É o dispositivo mecânico que determina o tempo de exposição do sensor à luz. Quanto mais tempo de exposição, mais luz entra pelo obturador e quanto menor o tempo de exposição, menos luz será captada pelo sensor.

 

 Exemplo de fotografia feita com o obturador em baixa velocidade*

Com o recurso do obturador, você poderá criar efeitos para as suas fotografias. Um exemplo bacana, são as fotos em longa exposição, aquelas fotografias com rastros de luz ou que aparentam estar em movimento.

 Exemplo de fotografia feita com o obturador em alta velocidade*

Utilizando a técnica de rápida exposição, também é possível criar o efeito de congelamento da cena, quando, por exemplo, fotografamos esportistas em movimento sem apresentar nenhum rastro ou tremido na imagem.

Na sua EOS T100 a configuração do obturador é feita em frações de segundos (décimos, centésimos, milésimos).

Bulb (controle manual de exposição), 30’’, 15’’, 8’’, 4’’, 2’’, 1”, 1/2, 1/4, 1/8, 1/15, 1/30, 1/60, 1/125, 1/250, 1/500, 1/1000, 1/2000...

-           Diafragma

O diafragma está na lente da sua câmera, similar a pupila do olho humano, a abertura do diafragma pode abrir e fechar em função da quantidade de luz existente no local.  Sendo assim, quanto mais luz entra mais aberto estará o diafragma e quanto menos luz atingir o sensor, mais fechado ele estará.

A abertura do diafragma é determinada por meio de números e a letra F ou a palavra F-STOP.

Quanto menor é o número que sucede a letra F, maior é a quantidade de luz que atravessa a objetiva e quanto maior o número após a letra F, menor será a quantidade de luz captada.

Exemplo:  F2 = muita luz e F22 = pouca luz.

 

 Exemplo de fotografia com grande abertura no diafragma*

A abertura do diafragma não controla somente a quantidade de luz mas também a profundidade do campo na imagem. O campo é a área que apresentará nitidez a frente e atrás do objeto focado por você na foto.

Uma abertura grande faz com que o foco se concentre numa pequena área e traz o desfoque para as demais. Já a abertura pequena permite uma área de foco maior na imagem.

-              ISO

É a sensibilidade do sensor à luz. Quanto maior o ISO, maior sua sensibilidade à luz, podendo assim registrar imagens em ambientes escuros. Quanto menor o ISO, menor sua sensibilidade à luz.

 Exemplo de fotografia feita com o ISO alto – para situações com pouca luz*

Com esse controle você consegue fazer fotos em lugares com pouca iluminação, basta aumentar o ISO e também em lugares com bastante luz, abaixando o ISO. Porém, vale prestar atenção, pois um ISO muito alto pode causar ruídos na sua imagem.

 Exemplo de fotografia feita com o ISO baixo – para situações com muita luz*

Com prática, referências e uma Canon EOS Rebel T100 você pode criar um mundo de possibilidades fotográficas! Saia da caixinha e explore tudo o que essa câmera incrível tem a oferecer. Bora fazer belos clicks?

-------------------------

*As imagens utilizadas neste texto são meramente ilustrativas e foram tiradas utilizando diferentes câmeras DSLR da Canon. Todas as técnicas utilizadas são aplicáveis à Canon T100"

 

Comentários

Deixe seu comentário