teste minha imagem
Google+

Dica Nível Básico

5 dicas para começar a usar uma DSLR

"Ah, não. Isso aí é câmera profissional". "Mas eu não sei usar essa câmera".

Muita gente já falou essas frases quando teve muita vontade de fotografar com uma DSLR, mas não sabia nem por onde começar.

Essas são as dicas que você estava esperando para começar a usar uma DSLR.

Mas antes é bom explicar rapidamente o que é uma DSLR.

A sigla DSLR significa Digital Single-Lens Reflex ou também conhecida como Reflex. Em linhas gerais isso quer dizer que as câmeras DSLR têm um sistema de espelho único interno que envia ao viewfinder - local onde encaixamos o olho para fotografar - a exata imagem que está sendo captada pela lente.

Toda a sua montagem, estrutura e modo de captação trazem muito mais qualidade, performance e possibilidade de imagens.

1 - Câmeras DSLR têm modos prontos para você já sair fotografando

As câmeras DSLR da Canon vêm com modos que ajustam todas as configurações da câmera automaticamente.

Esses modos são feitos exatamente para os assuntos que são mais fotografados: paisagens, esportes, retratos, macro e até comida em alguns modelos.

Numa DSLR Canon existe o seletor de modos. É ele quem auxilia quem está fotografando - ou gravando - a selecionar o melhor modo.

O seletor de modos fica logo acima da câmera. É só alterar sua câmera para o modo mais adequado à foto e clicar - ou até gravar vídeos.


Este é o seletor de modos da Canon T6, uma DSLR da Canon.

Você pode conhecer outros modos da DSLR Canon clicando aqui.

2 - Troque as lentes para ter fotos diversificadas. Perto, longe, amplas, com fundo desfocado...

DSLRs permitem a troca de lentes.


Trocar as lentes de uma DSLR é uma vantagem enorme.

Essa é uma vantagem gigante, pois cada lente tem uma particularidade que lhe entrega fotos específicas.

Por exemplo, existem as lentes grande-angulares, que têm ângulos bem abertos em seus enquadramentos.

Isso é ótimo para fazer enormes e lindas fotos de paisagem, por exemplo. A lente EF-S 10-18mm f/4.5-5.6mm IS STM é um bom exemplo de lente grande-angular.


Foto feita com uma lente grande-angular. O ângulo é bem aberto e a área em foco é bem extensa.

Já a EF 50mm f/1.8 STM é um ótimo exemplo de lente perfeita para retratos, por exemplo. Ela já é mais fechada e não distorce o assunto fotografado. Um retrato bem mais fiel à realidade.


Este é um retrato sem distorção de perspectiva feito com a lente EF 50mm f/1.8 STM.

Quer saber mais sobre lentes? Clique aqui.

3 - Fazer fotos com aquele fundo desfocado especial.

Sabe aquela foto que você olha e diz: "Esta aí está profissional". Se esta foto for um retrato, existem grandes chances de ela estar com aquele fundo desfocado lindo.

Você pode fazer isso - de forma óptica e não digital - com uma lente com uma maior abertura de diafragma.

O diafragma é por onde a luz passa e a abertura (f/) é quem determina essa quantidade de luz.


Retrato feito com o diafragma (f/) bem aberto. Muito desfoque no fundo e ótima claridade.

Quanto mais próximo de f/1 é a abertura do diafragma, mais chance você tem de ter um fundo desfocado. Isso se deve à profundidade de campo.

Profundidade de campo é o tamanho da área de foco de uma lente. Essa área pode ser rasa ou superficial - onde apenas uma pequena área fica em foco - ou profunda, em que uma grande área permanece em foco absoluto.

Ter lentes com maiores aberturas de diafragma é essencial para fazer fotos com fundo desfocado. Novamente, a EF 50mm f/1.8 STM é um ótimo exemplo de lente que permite aquele retrato lindo.

4 - Você precisa descobrir o poder do Wi-fi em uma câmera DSLR. Revoluciona suas fotos.

A Canon tem câmeras com wi-fi. Isso quer dizer que você pode controlar a câmera a distância e ainda baixar as fotos diretamente em seu celular.

Isso significa que você pode fazer aquela almejada foto de corpo inteiro em sua viagem sem pedir para que nenhum desconhecido faça o click.

A Canon T6 é um bom exemplo de câmera que tem Wi-Fi e você pode controlá-la via celular ou tablet.

Nessas horas o Wi-Fi é extremamente útil e necessário.

5 - Não faça só fotos. Faça vídeos também

Além de ótimas fotos, você também pode gravar vídeos com uma DSLR Canon. E vídeos com uma estética bem "cinematográfica", aquela textura nítida na imagem e fundos desfocados

Por conta das lentes intercambiáveis, do sensor e do primor estético e técnico que uma DSLR Canon tem, os vídeos gravados têm um visual bem diferente e bonito.

Isso é ótimo para quem quer dar mais qualidade de imagem às memórias, ou até para, quem sabe, começar uma nova carreira como videomaker, criador de conteúdo ou Youtuber.

Para gravar vídeos com uma DSLR Canon, é preciso colocá-la no modo Vídeo.

No caso abaixo em uma Canon T6, basta colocar o seletor de modos na posição da câmera e, pronto, sua Canon se transformou em uma potente câmera de vídeo.


Colocando sua câmera em Modo Vídeo.

Então, basta enquadrar o que deseja gravar e pressionar o botão REC, que fica na parte detrás da câmera, ao lado do canto superior direito do visor LCD.

--------------

Está vendo como começar a usar uma DSLR Canon é bem mais fácil do que você achava? Então, não espere mais e comece a fotografar e gravar seu olhar.

Comentários

Deixe seu comentário