teste minha imagem
Google+

Blog 14.05.2019

Os primeiros passos para ser um videomaker

Os primeiros passos para ser um videomaker

As escolhas no início da carreira são muito importantes para alcançar resultados satisfatórios. O equipamento certo e a vontade de aprender, serão essenciais na sua caminhada. Diego Freitas, cineasta e videomaker Geração 5D,  conta como foram os primeiros passos para se profissionalizar.

"Comecei a carreira como diretor em 2010 quando deixei de produzir vídeos de eventos para dirigir meus próprios projetos. Minha primeira câmera foi uma Canon EOS Rebel T2i  juntamente com a lente EF-S 18-55mm f/3.5-5.6 IS STM e uma EF 50mm f/1.8 STM. Esse equipamento me possibilitou testar todas minhas habilidades como diretor/fotógrafo. Principalmente pela possibilidade de utilizar várias lentes e obter diferentes resultados, minha narrativa deu um salto.



Nunca parei de fazer curta-metragem. Acredito que é a melhor maneira de aprender a fazer cinema. Pensando, tentando e errando. Meu primeiro curta foi aos 16 anos de idade, ainda no ensino médio".

"Pelo Prouni (Programa Universidade Para Todos) consegui uma bolsa de estudos integral - e junto com um amigo de faculdade abrimos uma produtora em 2011. Foi a oportunidade de arriscar mais e aprender muito. A produtora tinha basicamente a Canon EOS Rebel T2i e uma ilha de edição. Foi o suficiente para ser a semente de projetos maiores. "

A busca por referências, sempre buscar novas técnicas e plataformas de distribuição. Tudo isso contribui para a evolução do seu trabalho.

"Como vim de uma família com poucos recursos, estudar cinema em uma universidade estava fora de cogitação. Não me sentia preparado, as faculdades particulares eram poucas e extremamente caras. Mas dei sorte, foi na minha geração que vivemos a explosão da internet.

Primeiro nos fóruns, comunidades do Orkut e depois (principalmente) pelo Youtube. O mais incrível é poder aprender qualquer coisa que vai ter alguém pra ensinar. Lembro de fazer amigos virtuais pelo Brasil e que nos anos seguintes vieram trabalhar comigo na produtora. Um deles foi o Fabricio Rabachim que fez os efeitos visuais do meu longa "O Segredo de Davi", nos conhecemos no Youtube, assistindo aos vídeos um do outro. "

Grave tudo o que puder. Pratique!

Aquela velha máxima: "A prática leva à perfeição!". Na hora de produzir seus vídeos não tenha medo, arrisque.

"A tecnologia evoluiu muito nos últimos anos. Ainda que cada projeto tenha o seu equipamento ideal. Às vezes, é muito melhor se manter leve com uma DSLR do que partir para uma câmera de cinema digital. Isso exige uma equipe maior e tudo fica mais custoso. Em ambos os casos é possível ter uma imagem de altíssima qualidade.

Apesar de ter um bacharelado em comunicação (que foi muito útil), foi da prática que veio 90% das minhas habilidades do audiovisual. Um erro após o outro. É muito importante se permitir errar. Eu costumo dizer que fiz 5 curtas horrorosos para sair um bom. Sem eles o que ficou bom não existiria, foi a forma que levei para aprender. No audiovisual é importantíssimo você ter portfólio. Se você estiver começando, faça trabalhos próprios, conte suas histórias. Filme sua casa, amigos, cachorro. Hoje em dia não tem mais desculpas!"

O "videomaker guerrilha" consegue fazer adaptações para todas as situações. E com elas consegue resultados de muito impacto em seus vídeos.

"Demorei alguns anos para ter dinheiro para executar meus filmes. Antes de "O Segredo de Davi" nunca tinha um centavo sequer para criar uma história original. Ao mesmo tempo que a pressão era enorme, minha experiência produzindo em "guerrilha" foi essencial para o sucesso do filme. Quando se trabalha sem grana, sempre corremos atrás do “production value” ou aspectos estéticos que deixem o filme mais impactante."

"Os curtas têm à sua disposição ferramentas online como Youtube e Vimeo, que ajudam muito na distribuição dos trabalhos. Os festivais também são incríveis para encontrar o público, além de parceiros para projetos futuros. Curtas também podem ser vendidos para plataformas de streaming, além da televisão paga. Apesar de estrear em longas-metragens no ano passado, nunca deixei de produzir curtas."

O SEGREDO DE DAVI - Trailer Oficial

A Volta para Casa - Trailer

SAL - TRAILER

Publicado por: Diego Freitas Categoria: Inspire-se

Comentários

Deixe seu comentário