teste minha imagem
Google+

Blog 13.05.2015

Fotografando casamentos: os cliques que não podem faltar

Até pouco tempo atrás, a fotografia de casamento era o "patinho feito" da categoria. Era vista como uma área sem criatividade, cheia de repetições e protocolos. As coisas só começaram a mudar na década de 1990, quando alguns fotógrafos se inspiraram no fotojornalismo para atualizar a linguagem. Em vez de fazerem fotos clichês e posadas, começaram a construir narrativas por meio de imagens espontâneas, criativas e emocionantes, além das fotos de detalhe.

Hoje, a fotografia de casamento é uma das categorias que mais crescem. Profissionais de diferentes áreas são atraídos pela ideia de fazer um trabalho mais artístico e criativo.

Eu mesmo fui atraído por esse movimento. Trabalhava como designer em uma agência de publicidade e fotografava apenas como hobby. Quando vi que o que estavam fazendo na fotografia de casamento, também quis experimentar: fotografei o casamento de uma amiga ao qual fui como convidado. Depois disso, não parei mais!

Como o aumento do número de profissionais na área, o mercado ficou muito mais competitivo. Portanto, a busca por imagens inusitadas virou o grande desafio em um tipo de fotografia recheada de fotos clichês. É preciso sempre inovar com imagens criativas que contenham histórias e tragam toda a emoção presente no dia do casamento.

Esse é o meu desafio diário.

1. Detalhes
Os detalhes de um casamento ajudam a contar uma história. É muito importante registrar tudo que os noivos escolheram como peças importantes, como, por exemplo, o vestido da noiva, os sapatos e as alianças. Quando conseguimos registrar esses detalhes e inserir a personalidade do casal de forma criativa nas imagens, criamos lembranças inesquecíveis para eles!

.

2. Making of
Por influência do fotojornalismo, a preparação da noiva e do noivo antes da festa ganhou destaque no álbum. As fotos do making of são uma ótima oportunidade de registrar os sentimentos que surgem enquanto os noivos estão com suas famílias, padrinhos e madrinhas: felicidade, ansiedade e todo tipo de emoção. É o momento mais tranquilo do casamento, quando o fotógrafo tem mais tempo e liberdade para criar.

.

3. Cerimônia
Fotos inusitadas nem sempre precisam ser criativas. Fotos bem-feitas de momentos importantes, como o da cerimônia, por exemplo, são fundamentais para contextualizar o álbum. Nessas horas, gosto muito de usar lentes grande-angulares. Elas são capazes de captar todo o cenário, seja em ambientes internos, como o da igreja, ou externos.

.

4. Momentos
A emoção está à flor da pele durante todo o casamento. Por isso, é preciso estar sempre atento e preparado para registrar momentos únicos e cheios de emoção, dos quais os noivos se lembrarão para sempre. Uma lágrima ou simplesmente um olhar contam muito sobre a história daquele dia. Perder momentos como esses é como perder um pedaço da história.

.

.

5. Fotos da família e dos padrinhos
As fotos protocolares com pais e padrinhos continuam sendo feitas porque são muito importantes. São as fotos que os pais vão colocar no porta-retratos. Mesmo nesses momentos, porém, é possível fazer fotos diferentes e divertidas. Depois das fotos tradicionais, faça todos se divertirem: você terá fotos incríveis e poderá mostrar seu diferencial na hora de fotografar grupos!

.

.

6. Instantes decisivos
Costumo dizer que fotografar casamentos é fotografar momentos decisivos a todo instante, seja quando os noivos se beijam no meio da pista, seja quando os amigos jogam o noivo para cima durante a festa. A qualquer momento, pode acontecer alguma coisa surpreendente e, mais uma vez, temos de estar preparados como paparazzi para registrar todos esses momentos.

.

.

.

.

7. Foto dos noivos
A foto tradicional dos noivos na frente da mesa do bolo também é feita até hoje, mas o modelo tradicional não satisfaz mais nem os noivos, nem o fotógrafo. A busca por imagens mais espontâneas é o grande desafio desse momento. Cabe aos fotógrafos usar toda a sua criatividade para criar algo bonito e inusitado para o casal!

.

.

Para finalizar, é importante dizer que fazer fotos inusitadas e criativas muitas vezes é sinônimo de fazer fotos arriscadas. Muita coisa pode dar errado.
Portanto, é importante estar consciente dos riscos e ter outro fotógrafo na sua equipe para garantir momentos importantes de maneira mais tradicional enquanto você arrisca. Apesar disso, os riscos valem a pena, porque fotos criativas são, hoje em dia, a realização do fotógrafo de casamento!

Publicado por: Danilo Siqueira Categoria: Aprenda

Tags: casamento

Comentários

Deixe seu comentário
Elvio vincenzi

Excelente!!!

Alexandre Corre Corre

Ótimo texto e conclusão, muito bom por colocar lado a lado as fotos tradicionais de casamento juntamente com as fotos tipo fotojornalista dando importância aos protocolos da cerimonia, familiares, amigos e as cenas inusitadas e espontâneas....

Carlos Henrique Brasileiro

axei super interessante as dicas,ou seja fazer o tradicional fugindo um pouco do trivial ou mesmice ,a criatividade e parte essencial .

Flaviz Guerra

Excelente texto, a conclusão é cirúrgica!