teste minha imagem
Google+

Blog 03.05.2016

As vantagens da lente 70-200mm

Sempre que converso com um fotógrafo, não importa a área, existe uma lente que é unanimidade. Queridinha entre profissionais e entusiastas e que eu particularmente gosto muito, a Canon EF 70-200 2.8 L USM foi construída para ser uma telefoto incrível e fazer fotos a distância, mas seu propósito original é apenas uma de suas muitas utilidades.

Com um desfoque lindo proporcionado pela grande abertura de diafragma e uma distorção perspectiva muito pequena devido à sua grande distância focal, essa objetiva é uma verdadeira lenda entre os fotógrafos. Em meu caso, uma das que mais uso.

Vou mostrar aqui alguns exemplos de como já usei essa lente em diversas situações do meu trabalho. Espero que ajude você.

 

Ótima para shows

Realizo muitos shows em minha rotina de trabalho, e, para fotografar um artista no palco, não pode faltar em meu set uma lente telefoto – que aproxima o artista, pois muitas vezes a plateia fica a uma distância considerável dele. Qual seria outro jeito de chegar perto assim de Mano Brown? Só com uma lente telefoto. E a que mais uso é a Canon EF 70-200 2.8 L

(Foto: Gabriel Quintão) Canon 6D 1/400 em f5.0 ISO 250 - 70-200 f/2.8L USM

Um detalhe que para mim faz muita diferença é o motor de foco ultrassônico (USM) que essa lente tem. A tecnologia USM traz o amado foco com uma rapidez impressionante. Além disso, os elementos ópticos se reorganizam internamente quando você gira o anel de foco; a maioria das lentes precisa se movimentar para frente nesse momento. Esse detalhe faz com que o processo de focagem da 70-200mm seja mais preciso e silencioso, o que me ajuda muito, pois não perco fotos enquanto faço o foco. Numa situação de show, por exemplo, em que os artistas se movimentam constantemente, o foco USM é indispensável para mim.

Para os íntimos apenas "setenta-duzentos".

 

Passando despercebido

Ela é branca e tem um tamanho que chama a atenção (quase 20 cm de comprimento sem o para-sol), mas também é muito útil quando a intenção é captar um momento espontâneo sem ser notado, já que a certa distância as pessoas não me identificam tão facilmente. Isso traz fotos muito mais naturais.

Afastar-se do assunto e fotografar com essa lente objetiva pode garantir fotos mais espontâneas, pois as pessoas não estarão posando para a câmera e aproveitarão o momento, como este instante único da plateia durante um show. Repare no desfoque das luzes no fundo e na textura das pessoas no primeiro plano. Parece cinema!

(Foto: Gabriel Quintão) Canon 6D 1/400 em f3.2 ISO 1250 70-200 f/2.8L USM

 

Close

Mesmo quando se está próximo da pessoa fotografada, uma tele (nome mais usado para as telefotos) pode ser muito valiosa. Você já deve ter ouvido falar de lentes que fazem as pessoas parecerem mais magras; a 70-200mm definitivamente faz isso. Com uma distância focal maior, é possível fazer fotos em close com pouquíssima distorção perspectiva.

É importante lembrar que a primeira versão da lente, a EF70-20mm f/2.8L USM, tem a característica de focar a distância mínima de 1,4 m. Já a segunda versão, a lente EF 70-200mm f/2.8 IS II USM, foca com 1,2 m.

Se essa mesma foto fosse feita com uma lente 35mm, por exemplo, o rosto da modelo ficaria mais arredondado e foi essa a minha exata intenção nesta foto abaixo.

(Foto: Gabriel Quintão) Canon 6d 70-200 f/2.8L USM 1/200 em f4.5 ISO 500

 

Desfocando o fundo

Quando a ideia é destacar apenas o primeiro plano da imagem, o desfoque do fundo é muito usado. Note como o a profundidade de campo é curta na foto abaixo, causando o desfoque. Esse efeito traz uma suavidade para a imagem e atenua qualquer distração que tire a atenção do assunto da foto.

(Foto: Gabriel Quintão) Canon 6D 70-200 f/2.8L USM 1/640 em f3.5 ISO 400

 

Essa lente pertence à série L da Canon, também conhecida como série luxo, por isso é fixa em meu set. A construção do corpo é mais robusta, as lentes internas são feitas com um cristal de ótima qualidade e seus encaixes são todos metálicos. Esses detalhes fazem não só ela ser mais durável e confortável de manusear, mas também cria imagens superiores.

Falei aqui sobre a EF 70-200 f/2.8 L USM, que é a minha lente preferida há tempos, mas existem outras duas versões da 70-200mm. Uma conta com estabilização e outra tem abertura de diafragma de f/4. Salvo essas diferenças, elas são bem parecidas, então quase tudo que eu disse aqui vale para os três modelos.

A versão com estabilizador ajuda muito quando você está fotografando sem tripé em um ambiente com baixa luminosidade. A EF70-200 f/2.8 L IS II USM permite usar um tempo de exposição maior para captar mais luz. Sem estabilização e com uma distância focal de 200 mm, seria preciso fotografar com pelo menos 1/250 segundos para que a instabilidade das nossas mãos segurando a câmera não faça a imagem ficar tremida. Se puder adquirir, recomendo muito.

Essa estabilização atenua toda a tremedeira e possibilita até a gravação de vídeos com a 70-200 sem a necessidade de se usar um tripé. Com dois modos de estabilização – um para objeto estático e outro para movimento de câmera –, essa poderosa lente é o clímax para qualquer fotógrafo.

Deu para entender por que essa lente é a minha queridinha? Ela se sai bem em shows, fotojornalismo, retratos, natureza e mais uma infinidade de assuntos. Com pouca distorção, uma ótima nitidez e um desfoque lindo, definitivamente essa lente é uma lenda.

-------------------

Se quiser conhecer outras lentes incríveis da Canon, clique aqui e aproveite!

 

 

Publicado por: Gabriel Rastelli Quintão Categoria: Inspire-se

Comentários

Deixe seu comentário
Alessandra Malachias

Suas imagens mostram o que você narra. Muito obrigada! Espero fazer o mesmo, agora que tenho boas e necessárias informações. Alessandra Malachias, fotojornalista.

Olá, Alessandra! Agradecemos seu retorno e sua admiração! Conte conosco para tirar suas dúvidas!