teste minha imagem
Google+

Blog 15.10.2015

A versatilidade das lentes 50mm

Nos últimos dez anos da minha vida, venho me apaixonando por fotografia. Como em todo relacionamento, temos nossos conflitos e nossos bons momentos. Aos 15 anos, uma câmera compacta era tudo que eu precisava. Me acompanhava na bolsa em qualquer situação, na escola, casa de amigos, até na piscina e na cachoeira (resultando em várias idas à assistência técnica). Aos 21, me formei no Bacharelado em Fotografia do Senac. Vi um pouquinho de cada área da fotografia, lidando com equipamentos dos mais complexos, que dão medo de encostar, aos mais “simples”, feitos com lata de leite em pó. Sempre em busca de inspirações, estudando do artístico e conceitual ao técnico e científico.

Flores no Cós da Calça
EOS 5D Mark II com EF 50mm f/1.8 STM. 50mm, f/1.8, 1/200s, ISO 640

Nesse caminho até aqui, agora aos 25, percebo que me apaixonei e quero casar com a fotografia do sentimento. A fotografia que não precisa do equipamento mais caro, da maior lente ou do estúdio mais completo. A fotografia que não só aceita o quê/quem que você quer capturar, como também acolhe quem você é como fotógrafo. Fotografia feita por amor à fotografia.

Parando para pensar, reparei que nos últimos cinco anos venho fotografando e filmando, quase exclusivamente, com a 50mm. E que ela foi usada em muitos momentos diferentes da minha vida. Para o trabalho, em editoriais, campanhas, books e vídeos. Para a vida, em viagens ou encontros de pessoas especiais. Para o sonho, na minha série fotográfica – Menina Flor –, que cada vez mais me enche de amor.

Menina na sala de estar
EOS 5D Mark II com EF 50mm f/1.8 STM. 50mm, f/2, 1/125s, ISO 400

Por que eu gosto da EF 50mm f/1.8?

Eu uso uma câmera Canon EOS 5D Mark II, portanto full frame. Quando combino uma câmera full frame à lente 50mm, a visão fica muito semelhante à do olho humano. Para retratos, me ajuda a chegar mais perto e conquistar uma intimidade com o fotografado. Fora a lindeza de desfoque que a abertura f/1.8 me proporciona.

Menina segurando pássaro
EOS 5D Mark II com EF 50mm f/1.8 STM. 50mm, f/3.2, 1/80s, ISO 160

A lente é muito clara, e eu, fã obcecada de luz natural, sempre recorro a ela. A abertura me ajuda muito a fazer fotos em lugares com pouca luminosidade. Ela é companheira para um dia nublado, para uma locação em interior com poucas janelas ou para um ensaio que estava tão bom que o dia acabou, a noite chegou, e de repente você já está brincando com as luzes em blur no segundo plano da sua foto.

É prática e muito leve para levar na bolsa. Que amante da fotografia consegue viajar sem levar sua câmera? História da minha vida, já cheguei a voltar de viagens com o ombro roxo, de tantos equipamentos que queria carregar na bolsa. “Só para garantir… Caso eu precise... E se, quando eu chegar lá, eu precisar de uma lente mais aberta? E se for melhor a teleobjetiva? E se eu tiver vontade de usar também a câmera analógica? Ah, então também vou levar mais baterias, mais filmes, mais cartões de memória…” E, no fim, só usava a 50mm todos os dias.

Retrato estilizado
EOS 5D Mark II com EF 50mm f/1.8 STM. 50mm, f/2, 1/80s, ISO 200

Preciso me movimentar mais para achar meu enquadramento, o que me estimula a sempre pensar em novos ângulos. E o renovar de hábitos ou manias é sempre interessante.

A lente 50mm derruba todas as minhas dúvidas ou poréns na hora de fotografar. Me embala nos seus desfoques, me encanta com sua luz e me inspira a sempre tirar uma foto melhor que a anterior. E, sem nenhum esforço, se tornou o elemento mágico principal na minha relação com a fotografia. 

Mulher de costas
EOS 5D Mark II com EF 50mm f/1.8 STM. 50mm, f/4.5, 1/125s, ISO 100
Ovelha
EOS 5D Mark II com EF 50mm f/1.8 STM. 50mm, f/4, 1/640s, ISO 100
Livro no rosto
EOS 5D Mark II com EF 50mm f/1.8 STM. 50mm, f/2.5, 1/200s, ISO 320
Arranjo de flor
EOS 5D Mark II com EF 50mm f/1.8 STM. 50mm, f/2.5, 1/80, ISO 2500
Estrada
EOS 5D Mark II com EF 50mm f/1.8 STM. 50mm, f/1.8, 1/125, ISO 400
Flores no rosto
EOS 5D Mark II com EF 50mm f/1.8 STM. 50mm, f/1.8, 1/200s, ISO 400

Publicado por: Luiza Potiens Categoria: Aprenda

Comentários

Deixe seu comentário
#VAITRAZENDO por EraRibeiro

Gostaria de saber por que o AF não funciona na minha t3i . Comprei a 50mm stm 1.8 e não consigo usar essa função

Olá, por favor entre em contato com nosso suporte através das opções disponíveis em nosso site: http://www.canon.com.br/suporte.

Marianna Bonccini

Olá, gostaria de saber se a 50 mm é compatível com a canon rebel t3, obrigada.

Olá, Marianna! Por favor, entre em contato com nosso SAC para que possam auxiliá-la: GRANDE SÃO PAULO: (11) 4950-5060 OUTRAS LOCALIDADES: 0800 20 CANON (22666) Estamos à disposição!

Milkelison Bento de Lavor

Acabei de fazer o pedido da minha ... ansioso pra sair por aí clicando com ela.

Rodrigo müller

Bom dia, Gostaria de saber se essa lente e compatível com a T5?

Olá, Rodrigo. Como vai? Desculpe-nos a demora. Sim. Esta lente é compatível com a EOS T5. Aproveite. Abraços

Willian Marques Rocha

Compartilho do mesmo sentimento e percepção do uso desta prime! é uma lente apaixonante, ela nos leva a meditar sobra a composição fotográfica e sempre nos retribuindo com resultados fantásticos! Em suma também sou amante desta lente bem como o uso de outras fixas!

francinaldo dias de lima

Comprei a minha 50mm 1.8 STM faz uma semana, na loja da CANON. Devido ao trabalho e família, além do tempo em minha região, não tive tempo de explorar ao máximo as possibilidades, tirei apenas algumas fotos em casa, mas já gostei. Parece que vou ficar fã dessa pequena notável. Sou iniciante e estou aprendendo muito com as dicas aqui. Muito obrigado.

francinaldo dias de lima

ótimo artigo, comprei a minha 50mm STM 1.8

CLAUDIA

Muito suaves as suas fotos, adorei.

Thais Katsumi Kaneda Akamine

Como é bom ler todas essas palavras e entender exatamente tudo o que você está falando. Porque é exatamente assim que me sinto. A 50mm é minha companheira preferida e não troco ela por nada. Fiquei realmente emocionada em ouvir todo esse discurso pelo seu amor por fotografia.

Elo Nilza

Eu que descobri essa lente agora, já encomendei a minha e vendo esse artigo coração ficou a mil, ansiedade pra começar a usar, deu pra sentir quanto amor nessa relação.

Carolina Rodrigues

AMEI as fotos! Muito inspirador!

Ingrid Fonseca

Amei tudo, exatamente tudo, mais amei mais ainda a sua edição, os tons suaves que usou em suas fotos, gostaria muito de saber como transformou todos esses tons :)

Silvio Tsuyoshi

Adorei o artigo. Uma verdadeira poesia em homenagem à cinquentinha. Possuo uma e é verdade, as outras eu mais deixo de lado que as uso. A mágica que ela proporciona e faz nos aproximar e interagir com a foto, convida o expectador a ser parte dela. Parabéns!

danielly soares

Sou apaixonada pela minha Cinquentinha, tenho a f/1.8, imagino a f/1.4! :D

Fernando Dias

Realmente a Cinquentinha é uma grande companheira, principalmente quando desejamos efetuar fotos de ambientes urbanos durante a noite, pois permite captar ótimas imagens aproveitando a nem sempre abundante luz ambiente. Outro efeito que agrada muito é que nas maiores aberturas ela possui pouca profundidade de campo, passando a sensação que temos à noite de ter nosso campo de visão limitado - porém fica a dica: esta lente produz fotos com melhor nitidez lá por f/4. O único problema é que em câmeras com sensor APS-C ela se comporta como uma lente 85mm, exigindo se distanciar do assunto para fotografar - por isso pretendo migrar para uma Full Frame ou passar a utilizar a EF 28mm f/1.8, que possui distância focal mais próxima de uma lente 50mm em Full Frame.

Francisco joezito dos santos henrique

Realmente fotografia é apaixonante, não consigo mais largar minha câmera, uma canon T5, ainda estou dando os primeiros passos, e totalmente envolvido, leio de tudo quando o assunto é fotografia.

adonias

Fiquei encantado com a forma que você descreve as fotos com a lente 50 mm, ainda não sou um fotografo, e nem tenho uma câmera, ainda, mas você me inspirou ainda mais a embarcar messa paixão, que é a fotografia. E só estou esperando conseguir uma grana para comprar minha Primeira DSLR. Abraços!

Rodolfo Marques

A cinquentinha é uma escola por si só. Adoro os retratos que se é capaz de fazer com ela. Belo texto! Parabéns!

Mauro Artur Schlieck

O potencial fotográfico está em toda parte. Basta sair do estado de cegueira. Há alguns anos só se trabalhava com lente 50mm fixa. Havia mais movimento do fotógrafo e com isso uma variação maior de quadros compositivos.

Matheus schezar

Lindos enquadramentos e excelentes imagens..... Definitivamente, a 50mm é item obrigatório para um fotógrafo.....

Ver mais comentários